Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Publicidade

O Marketing vai muito bem, obrigado, senhor Kevin Roberts

Mundo digital está mudando a forma das empresas fazerem Marketing. Seduzidas pelas redes sociais e suas possibilidades, elas têm brigado diariamente para lançar novas ideias

Por | 11/11/2013

marketing@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O mundo digital está mudando a forma de as empresas fazerem marketing. Seduzidas pelas redes sociais e suas possibilidades de interação ágil, muitas têm brigado cabeça a cabeça por lançar, quase que diariamente, ideias e mais ideias. A estratégia, se houver, é de preencher espaço, ter seu post comentado, ser motivo de troca de mensagens. Há quem diga de boca cheia que, nesse novo cenário, o marketing, como o entendemos há anos, está morto e enterrado e que o que vale é apenas "lançar", qualquer coisa, alguma coisa, ideias.

Discordo, com todas as minhas forças. Mesmo que para isso seja preciso bater de frente com Kevin Roberts, CEO da Saatchi & Saatch Worldwide, considerado um dos papas do marketing atual. Papa para os outros. Não para mim. Ele, ao falar para uma plateia de profissionais do ramo na The IoD´s Annual Convention, declarou que "a estratégia está morta, as grandes ideias estão mortas, a administração está morta, e o marketing como o conhecemos também está morto".

Devo viver em outro planeta. Sempre baseei meu trabalho na crença de que marketing é tudo que uma empresa faz. O resto é utopia, pois a única razão para a existência de qualquer empresa é o cliente. Todos olham para o cliente. Todas as áreas e o departamento, no final das contas, precisam entregar valor para o cliente. O objetivo primário de qualquer empresa é o lucro. E para isso é fundamental haver, sim, estratégia, uma boa sacada, estrutura. É preciso enxergar o bom e velho marketing como ideologia.

Serei didático. O boca a boca foi, e continua sendo, o santo graal das marcas. Essa mesma comunicação boca a boca ganhou uma dimensão muito maior com a internet, pois tudo que agora é escrito fica arquivado para sempre como rastros digitais em sites de busca como Google. O que determina a qualidade do boca a boca? Os princípios fundamentais do marketing: plano estratégico, bom atendimento, qualidade de produto, qualidade de serviço... Isso é marketing, que está, garanto, muito vivo!

Ao aplicar a metodologia da Gabriel Rossi Consultoria de auditoria digital, analisando os rastros das conversas em plataformas de busca sobre marcas nacionais e internacionais, além de desenvolver estudos nos quais é possível comparar e cruzar os esforços pró-ativos de comunicação das marcas - RP tradicional, anúncios de mídia impressa e TV etc., com que está inserido na Wikipédia, foi possível perceber que os resultados orgânicos destes sites e o marketing operacional das empresas estão cada vez mais interligados. Algumas áreas que nunca receberam atenção, como call center e suporte ao consumidor em geral, cada vez mais impactam nas prateleiras virtuais.

O que falar então sobre a importância das marcas? Em um mundo em que nós consumidores sofremos um estrondoso déficit de atenção, marcas servem como atalhos para facilitar nossas vidas e escolhas. Estas mesmas marcas na era digital precisam gerar dinamismo, criatividade, têm que se reinventar todo dia. Como elas atingiriam isso sem entender o mercado que atuam? Isso é marketing em seu fundamento mais básico, oras! Branding e marketing são indissociáveis. Nenhuma marca serve sem a validação do mercado. Nenhuma marca se fortalece sem o entendimento prévio da conjuntura, concorrência, anseios e necessidades.

Kevin Roberts com certeza construiu a imagem que tem com alguns acertos na carreira. Mas desta vez suas palavras vão na contramão de tudo que já produziu profissionalmente. Sem meias palavras, exagerou e se entregou ao modismo. Ele passa. O marketing não.

 

Por: Gabriel Rossi




Comentários

Artigos do autor:

Os Fundamentos do Marketing Eleitoral em 2018

Branding do século 21: É Hora de Avançar

5 segredos das marcas que superam desafios econômicos

O Publicitário e profissional de marketing marxista

Extensão de marca: mitos e verdades

Empreendedores de Palco. Entenda como o setor do sonho funciona

Donald Trump e seu House of Cards

Economia Colaborativa, Uber e o Mercado Financeiro

As marcas precisam sair de cima do muro

"Novo normal" e a China: Um olhar pela ótica do marketing

Serão necessários vários anos para Petrobras recuperar a credibilidade

Como gerenciar marcas vencedoras durante a má fase econômica

Reserva e os patrulheiros de plantão

O líder charme e o inocente: arquétipos das marcas

Marketing pessoal, charlatões e os missionários digitais

O Marketing exposto no museu

IPO do Twitter não é suficiente para garantir sua estabilidade

O Marketing vai muito bem, obrigado, senhor Kevin Roberts

Chega de graça

A hora e a vez das mulheres

O passado como ferramenta do presente

Irene e o Marketing

As duas faces do Marketing de políticos eleitos

O Marketing da diversidade

Ainda não é a vez da China

Locaweb e as pragas do Egito

Reposicionando seu concorrente

A mamata acabou: bancos, bem-vindos ao mundo novo

Alice, este não é o País das Maravilhas

Marketing, branding e o fim do mundo

Eleição sem internet, mais uma vez

Lugar de guru e charlatão é fora do Marketing

Em defesa do Marketing

Sociografia: um novo conceito de análise para as marcas na internet

Ano Eleitoral. Marketing político digital é coisa séria

A verbalização das marcas

Eleições 2012: É hora de desmistificar o case Obama

Estado Digital e os webdesafios de Dilma Rousseff

A estratégia de Ben Self terá sucesso no Brasil?

Mídias sociais: o debate precisa desesperadamente evoluir

O real glamour do branding digital

Uma conversa com Denise Lee Yohn sobre branding moderno

Dança frenética do branding e o pensamento de VanAuken

A Bolha da Marca na Era Digital



Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss