Como transformar funcionários em embaixadores da marca | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Como transformar funcionários em embaixadores da marca

Colaboradores conhecem objetivos da empresa e estão totalmente inseridos nos processos de entrega dos produtos ou serviços e podem incentivar o engajamento

Por | 13/12/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Ao planejar as ações de Marketing da sua empresa, já parou para pensar nos recursos internos disponíveis que você tem ao seu alcance para ampliar o posicionamento da marca? Pois saiba que os colaboradores podem se transformar em verdadeiros embaixadores, levando aos seus próprios canais mensagens positivas sobre a empresa em que trabalham.

Pesquisas recentes mostram que o poder de engajamento nas redes sociais dos funcionários pode ser maior que nas páginas oficiais de divulgação da companhia. Esse envolvimento da equipe pode trazer bons resultados financeiros, ampliando o faturamento do negócio. Mas como conseguir isso? Veja algumas dicas:

Marketing de defensores

O conjunto de ações para tornar os funcionários embaixadores de uma marca é chamado de marketing de defensores. Na realidade, as estratégias servem tanto para os clientes quanto para o público interno. Afinal de contas, qualquer pessoa se torna defensora quando se engaja de forma verdadeira, divulga o conteúdo disponibilizado no blog, interage por meio das redes sociais e faz questão de mencionar a marca aos seus seguidores - e na vida offline também.

A diferença é que os colaboradores conhecem os objetivos da empresa e estão totalmente inseridos nos processos de entrega dos produtos ou serviços. Nesse caso, o marketing atua oferecendo um guia para incentivar o engajamento e estabelecer alguns parâmetros.

Como despertar os embaixadores da marca?

Desenvolver um `programa de embaixadores´ pode ser a maneira mais organizada de lidar com os funcionários que estão dispostos a se tornarem porta-vozes da empresa. Além de ser uma ótima forma de expandir o alcance online, essas pessoas estarão preparadas para tirar eventuais dúvidas de clientes e divulgar novidades.

Mas, para isso, é preciso que as mensagens transmitidas sejam verdadeiras. Não cabe aqui obrigar os colaboradores a compartilharem conteúdos em seus canais particulares - a espontaneidade é o fator mais precioso para influenciar pessoas na internet.

Todavia, a empresa precisa lidar com a situação de alguma forma e transformá-la em algo benéfico para a sua imagem. Então, vale a pena incorporar algumas ações simples para incentivar a prática por parte dos trabalhadores. Por exemplo:

1. Apresente os conteúdos - Para serem embaixadores da empresa, os colaboradores precisam conhecer quais são os canais oficiais de divulgação e quais conteúdos têm sido disponibilizados. Que tal enviar uma comunicação interna com algumas sugestões de compartilhamento? Assim, eles vão entendendo quais são os artigos que mais despertam interesse nos clientes.

2. Mostre a cultura da empresa - Outra ação para despertar o lado defensor dos funcionários é criar esquemas que mostram quem compartilhou mais ou quem teve mais curtidas. A brincadeira pode render certa espontaneidade e revelar aos clientes o clima descontraído entre a equipe. Mas todo cuidado é pouco para evitar que a descontração vire uma competição desmedida.

3. Recompense com status - Falar em recompensas ou premiar os melhores embaixadores da marca pode parecer forçado. Mas, na realidade, oferecer status ao colaborador é uma forma simples de demonstrar sua satisfação com o engajamento dele. Convidá-lo para escrever sobre seu dia a dia no trabalho para o blog da empresa é um bom exemplo.

4. Ofereça treinamento - Uma prática que tem sido adotada em diversos negócios é o treinamento de mídias sociais. Afinal, preparar os funcionários para usar canais como Facebook, Instagram e Twitter pode ser uma forma de expandir a comunicação e a divulgação. Por isso, as orientações a respeito de como a empresa espera ser vista pelos clientes devem ser bastante claras. Nesse momento, o papel do marketing é oferecer os caminhos e simplesmente confiar na atuação dos embaixadores.

Lembre-se que o objetivo central do treinamento não é impor regras, mas criar indivíduos capazes de representar os valores e a cultura da empresa onde quer que estejam. Essas diretrizes devem, inclusive, integrar o processo de contratação.

Independente do tipo de negócio, sempre existirá um funcionário mais engajado que outro. Entretanto, é necessário investir esforço para despertar o interesse e transformar a forma como os colaboradores veem a empresa. Somente assim será possível desenvolver um público interno engajado.

Por: Fernando Barros

CEO da Atma, plataforma de comércio eletrônico especializada em soluções de inteligência de negócios B2B


Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss