Artigos

Publicidade
Publicidade
Mercado

Por que terceirizar a venda é o melhor negócio no novo normal?

Contratar uma ferramenta que faça a gestão completa, com um time especializado e preparado, pode ser a saída para alcançar a efetividade esperada

Por Fábio Oliveira - 28/07/2020

A pandemia chegou e escancarou a nossa necessidade de mergulhar de vez na transformação digital. Desde que se instalou no país, o novo coronavírus fez com que a maioria das pessoas mudasse os hábitos de consumo. E a internet se impôs como o principal meio para compra, entretenimento e, claro negócios. Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), desde março, mais de 135 mil lojas aderiram às vendas pelo e-commerce para continuar vendendo e se mantendo no mercado.

Com a velocidade em que foi preciso se adaptar ao ambiente digital, muitas empresas enxergaram a ocasião também com preocupação, já que suas equipes precisariam ser reduzidas ou não estavam preparadas para lidar com tal mudança.

Nesse cenário, cresce no país a oportunidade, já consolidada em países de primeiro mundo, de terceirizar as vendas. Contratar uma ferramenta que faça a gestão completa, com um time especializado e preparado, pode ser a saída para alcançar a efetividade esperada.

A terceirização da força de vendas pode ser muito benéfica por diversos motivos. O primeiro é que em um mundo pós pandemia, os hábitos de consumo adquiridos não devem ser abandonados. As pessoas continuarão consumindo muito pela internet, obrigando cada vez mais marcas a levarem seus produtos e serviços para o ambiente digital.

O segundo ponto mexe com a grande preocupação dos empreendedores, o dinheiro. E nesse sentido a terceirização é a saída justamente por demandar menos investimento do que seria necessário caso a empresa precisasse formar e preparar uma equipe do zero.

Outras vantagens importantes são a qualidade, já que quem atuará vendendo seus produtos ou serviços já está preparado e sabe como fazer de forma mais efetiva; a otimização de tempo que você irá investir para estruturar uma operação de máquina de vendas; e, por fim, a flexibilidade, porque é possível realizar testes e aprimorar o que for necessário de forma mais assertiva, do que seria sem a gestão correta da sua força de vendas.

Como vocês podem ver, essa modalidade de negócios tem infinitas possibilidades tanto para o empreendedor como para o vendedor. Não à toa é realidade em diversos países e vem crescendo bastante aqui no Brasil. A pandemia que pegou o mundo todo de surpresa, fez com que a terceirização se tornasse a saída temporária para seguir vendendo e garantindo a renda de quem trabalha no setor. Mas, em um mundo pós Covid-19, ela deverá ser mais do que uma tendência e será, em muitos casos, o melhor negócio.

Por: Fábio Oliveira

CEO da Sales Farm, primeira plataforma que terceiriza a força de vendas por meio de um software e tem como objetivo conectar empreendedores a vendedores