O que pretendemos ser? Protagonistas ou coadjuvantes? | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

O que pretendemos ser? Protagonistas ou coadjuvantes?

Elza Tsumori propõe uma reflexão aos empresários do setor de Marketing Promocional sobre onde estaríamos no futuro próximo se fossemos proativos

Por | 30/06/2009

mkt@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Por Elza Tsumori*

Neste artigo, gostaria de refletir com os empresários do setor de Marketing Promocional sobre onde estaríamos no futuro próximo se fossemos proativos. A minha preocupação é encurtar o nosso gap histórico de cerca de 30 anos com mais de meio século de atuação da Propaganda, através de um trabalho de elevação de consciência dos nossos líderes.

Para que essa elevação de consciência realmente seja sentida como necessária, imaginem se daqui cinco anos o nosso setor fosse assim:
• Jovens estudantes escolhendo Marketing Promocional como uma carreira desejada e promissora, pois os elogios e os prêmios mostram a pujança do setor.
• Pesquisadores e professores encontrando diversos papers sobre a inteligência promocional nas universidades e na biblioteca da AMPRO. E, assim, criam um círculo virtuoso na área de conhecimento e desenvolvimento de talentos.
• Lançamento de diversos livros com temas relativos à importância do marketing promocional, versando sobre criatividade, transversalidade das diversas disciplinas de comunicação, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias especializadas nas atividades do setor, cases de negócios bem sucedidos na nossa atividade.
• Cursos de pós graduação e especialização com docentes altamente capacitados na teoria e prática. Estes por sua vez, trabalham como consultores em projetos de grande envergadura para corporações e nações.
• Reconhecimento do setor como um nicho de mercado relevante da economia, pela capacidade transformadora e não apenas pela geração de resultado de venda. Isso tudo porque o discurso e a ação do setor foram orquestrados com argumentos consistentes.
• Reconhecimento dos atuais anunciantes que finalmente vêem o marketing promocional como uma atividade multidisciplinar e integradora da área de comunicação.
• Coexistência pacífica e discussão muito mais estimuladora inter setorial, na busca de sinergia criação-produção de diversas disciplinas de comunicação.  Mesmo com clara divisão entre as disciplinas.
• Os empresários do setor discutem financiamentos dos projetos de expansão de negócios; programas de treinamento e intercâmbios internacionais para atualização e reciclagem de seus colaboradores e aplicação de recursos e incentivos em pesquisas tecnológicas.
• Clube de criação e planejamento propicia relacionamento, prêmios cheios de brilhantes profissionais se esforçando para que suas campanhas ganhem espaço e reconhecimento no seu mercado.
• A rentabilidade conquistada nas empresas permite que estas possam investir mais tempo para autoconhecimento e benchmarking no exterior. Possui suficiente lastro financeiro para visualizar seu futuro e se preparar para épocas de crise.
• Questões como responsabilidade social e ambiental estão culturalmente integradas nas agências e nos clientes, de forma que novos nichos de mercado e programas de comunicação são altamente favorecidos pela aplicação de métodos oriundos das técnicas de Marketing Promocional.
• MKT Promocional LABs são unidades alocadas em faculdades e universidades especializadas para que as agências possam testar e pesquisar efeitos/resultados de novas tecnologias e descobertas comportamentais de consumo ou estudos ergométricos para seus clientes, com apoio acadêmico.
• Grupos de estudos de tendências e moda para utilização em planos de comunicação.

Acabamos por aqui a imaginação. Voltem aos dias de hoje - Junho/Julho de 2009 - onde estiverem. Ficaram tristes? Olhem, não são sonhos impossíveis, somente mais difíceis. Se outros setores já estão nesse patamar há muito tempo, por que não poderemos alcançar? Será que mais uma geração vai perder tempo? Será que continuaremos coadjuvantes? Ou vamos rápido e "com tudo" para sermos, enfim, tudo aquilo que tanto sonhamos e lutamos.

* Elza Tsumori é desenhista industrial, sócia diretora da Cia Ativadora de Negócios, presidente da executiva nacional da AMPRO e conselheira titular do Conselho Nacional de Turismo-MT. www.infinitosapontamentos.blogspot.com

Por: Elza Tsumori




Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss