Artigos

Ao vivo - Hacks de Marketing Digital para enfrentar a crise
Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Marketing e Vendas: a junção em prol do sucesso dos negócios

Se integrados, CRM e Automação de Marketing centralizarão as informações disponíveis no meio digital, evitando imprevistos como duplicações e retrabalhos

Por Eloísa Mendes - 06/04/2020

É entendimento comum a importância do Marketing dentro das organizações, claro, com o objetivo máximo de facilitar e impulsionar o processo de vendas. Como uma das grandes consequências diretas da Transformação Digital, a automação surgiu, nesse sentido, como uma oportunidade para transformar métodos estratégicos e conceder aos mesmos um toque de assertividade muito maior.

No mesmo caminho, a ideia de CRM (Customer Relationship Manegement), em tradução direta, Gestão do Relacionamento com o Cliente, como o próprio termo sugere, conta com a finalidade de fortalecer o relacionamento entre marca e consumidor, sob o ideal de consolidar o gerenciamento dos leads adquiridos.

E o que Automação de Marketing e CRM têm em comum? A conta é simples: se trabalhados em harmonia por suas respectivas equipes, oferecem um novo estágio de possibilidade e alcance mercadológico. Pensando nisso, procurei estabelecer uma reflexão enriquecedora através deste artigo. Acompanhe!

Valor da experiência do cliente: o papel do CRM

Atualmente, com o advento da internet e a facilidade do acesso à informação, o público consumidor tem se tornado cada vez mais exigente. Por outro lado, as empresas tentam acompanhar as novas tendências e utilizam de ferramentas inovadoras para proporcionar serviços e produtos personalizados. Uma gestão eficiente passa diretamente por uma cultura organizacional que priorize o bom uso dos dados desses clientes em potencial.

Para ilustrar a urgência do tema, em uma pesquisa recente publicada pelo LinkedIn, constatou-se que cerca de 98% dos vendedores brasileiros utilizam alguma plataforma digital para prospectar clientes. Entre elas, destaca-se o CRM, com seus 59% entre os meios citados.

Esse crescimento do uso de softwares empresariais indica uma mudança bem-vinda na mentalidade das companhias, que gradualmente assimilam a necessidade de se manter em sintonia com os efeitos práticos da revolução tecnológica. Não se trata de substituir o material humano, mas sim de aprimorar processos e direcionar profissionais para funções complexas e estratégicas.

Nesse sentido, vale citar outra pesquisa divulgada pelo LinkedIn, que apontou as 15 profissões emergentes para 2020. Entre elas, Representante de vendas e Especialista em sucesso do cliente representaram crescimento médio anual de 109% e 79%, respectivamente.

O impacto da Automação de Marketing

Quando paramos para analisar a recorrente adoção de softwares de automação por parte das empresas, é indispensável reconhecer os ganhos que isso traz de uma forma geral. Menos burocracia, mais produtividade, além de diversas contribuições práticas em termos de campanhas assertivas e customizadas.

No último ano, através de um levantamento realizado pelo Índice de Automação do Mercado Brasileiro, evidenciou-se um crescimento de 4% no nível de automação das empresas nacionais, de 2018 para 2019. A expectativa é de que esse número só aumente.

O poder de união entre setores

É visível que apesar das diferenças claras que os dois departamentos possuem, ambos contam com o mesmo objetivo final: concretizar uma relação sólida entre empresa e consumidor. Se integrados, CRM e Automação de Marketing centralizarão as informações disponíveis no meio digital, evitando imprevistos como duplicações e retrabalhos.

Esse compartilhamento de conteúdo também expande o poder informacional das equipes. Se para determinado profissional um dado não é tão relevante, para o outro pode ser essencial. Isso potencializa as chances de as equipes encontrarem novos métodos de inovação, independente do setor.

Com todas as fases do lead passando pelo conhecimento dos times, a precisão da abordagem aumentará exponencialmente. A cada nova venda, uma campanha parametrizada prontificada para fidelizar o cliente. Essa agilidade serve de pilar central para a unificação que, por conseguinte, beneficiará a empresa como um todo na busca de oferecer as melhores experiências de compra aos seus consumidores!

Por: Eloísa Mendes

Especialista em Marketing da Lumen IT, licenciada pela Rock Content em Marketing de Conteúdo Avançado