Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Luxo: um novo momento. Novas oportunidades

Definitivamente o mercado brasileiro passa por uma profunda transformação no gerenciamento das oportunidades do segmento do Luxo por dois fatores. Saiba quais são

Por | 23/10/2013

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Definitivamente o mercado brasileiro passa por uma profunda transformação no gerenciamento das oportunidades do segmento do Luxo. Não somente estamos vivenciando uma necessária descentralização do consumo, mas também o gerenciamento direto das marcas e grupos que durante anos negligenciaram o Brasil como prioridade de gestão e investimento direto.

Este movimento será fator decisivo para o futuro do mercado Brasileiro. Esses dois fatores transformarão todo o cenário, gerando oportunidade que poderão, pela primeira vez, garantirem e sustentarem o futuro da atividade no mercado brasileiro.

A excessiva centralização do consumo na cidade de São Paulo inibiu durante muitos anos o interesse das marcas em investirem no mercado brasileiro porque, acima de tudo, não enxergavam com clareza a geração de novas bases de consumidores. O Brasil agora já não é mais somente São Paulo. E isso é de longe uma excelente notícia. Estamos agora falando de oportunidade de consumo de Luxo em diversos lugares do Brasil e em regiões que jamais o consumo de Luxo teve expressão.

A cidade e o estado do Rio de Janeiro voltaram ao cenário de consumo brasileiro e novas oportunidades para o Luxo surgiram como consequência. Regiões como Norte, Nordeste e Centro Oeste não somente ingressaram no consumo, mas estão apresentando excepcionais taxas de crescimento, expansão e vendas de produtos de Luxo como carros, bebidas, moda e beleza.

Ao lado destas novas oportunidades temos também o fato de que as marcas e alguns grupos poderosos de Luxo tomaram a decisão de investirem diretamente no mercado Brasileiro, alterando assim a prioridade - o que acarretará no médio e longo prazo uma mudança significativa no desenvolvimento de oportunidades. É importante relevar o fato de que as operações de Luxo no Brasil eram praticamente oportunidades geradas por investidores locais.

O investimento local acelerava a chegada de algumas operações e encurtava o longo tempo a qual o Brasil sempre esteve perante às marcas de Luxo, atuando no mercado localmente. Por um lado, graças à esses investidores locais, tivemos a chance de acessar em nosso mercado doméstico marcas de prestígio internacional. Essa sempre foi a foto do mercado Brasileiro.

Com o crescimento da economia brasileira, das novas oportunidades que surgiram, e que surgem, isso aliado ao fato de que o brasileiro vem se tornando consumidor global, as marcas e grupos de Luxo vem de forma muito acelerada, tomando decisões de investirem no mercado diretamente. E isso é excelente. Novos tempos. E nestes novos tempos, o investimento e o gerenciamento direto acelera e muito as oportunidades.

E assim, não mais que de repente, algumas marcas e grupos que atuavam no Brasil através de investidores como Versace, Ferragamo e Armani, por exemplo, compraram as operações de volta e estão investindo rapidamente para acelerar a expansão. Prada, Gucci, marcas do poderoso Grupo Richemont como Piaget, Van Cleef & Arpels, Vaucheron chegam ao Brasil com suas primeiras lojas ou aceleram suas atuações, como é o caso de Cartier. Definitivamente, novos tempos e novas oportunidades.

Por: Carlos Ferreirinha

Fundador e Presidente da MCF Consultoria, Especializada na Inteligência da Gestão do Luxo






Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss