Como você reconhece as pessoas no Marketing? | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Como você reconhece as pessoas no Marketing?

É preciso acreditar na humanização do discurso, afinal, não usamos as pessoas, somos as pessoas, trabalhando no propósito de fazer o melhor para outras pessoas

Por | 18/12/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O marketing e a publicidade trabalham pessoas o tempo todo, suas expectativas e a percepção das suas necessidades. Identificamos personas e públicos-alvo sempre buscando aumentar nossos conhecimentos sobre o cliente, o que ele quer, como atendê-lo com excelência e acompanhá-lo durante toda sua jornada de compra e uso do produto. Tornar nosso produto ou serviço percebido como aderente, importante e mesmo indispensável, é parte do trabalho, uma parte de todo o trabalho.

Uma parte do trabalho, pois sabemos que ainda há muito o que fazer, mas sempre vale nos instigarmos: como ir além? Em uma época de transformação digital, inteligência artificial, indústria 4.0, nunca foi tão questionado o quanto a automação vai (e já está) interferindo nas atividades humanas. Em contrapartida, o discurso de humanização nunca foi tão evidente e não é à toa que este artigo esteja tão repleto de pessoas.

Podem chamar de modismo, mas realmente é preciso acreditarmos na humanização, afinal, vamos ignorar o mito e ser sinceros, não usamos as pessoas, somos as pessoas, trabalhando no propósito de fazer o melhor para outras pessoas. Não é conflitante a tecnologia precisar tanto de pessoas? Aliás, quem faz o seu produto? E para quem você faz? Mesmo que sua empresa tenha processos automatizados e aprendizado de máquina, quem gerencia, quem monitora ações e resultados? Pessoas!

Quantas vezes falamos com pessoas ou sobre as pessoas no nosso dia a dia? E se não falamos, será que não há nada errado? Tirando a obviedade do mercado B2C, quando falamos do mercado B2B, falamos de empresas criando para outras empresas. Empresas são organizações compostas por pessoas. Pessoas trabalhando, criando e produzindo para outras pessoas. O que fazemos precisa ser bom para pessoas.

Softwares por exemplo, tem a função primária de facilitar a vida de pessoas por controles tecnológicos, permitindo uma série de atributos como agilidade, segurança, integração de setores, expandindo para gestão e tomadas de decisão. Quando alguém adquire um sistema, basicamente é isso que se quer. Mas é só isso?

A campanha de marketing de uma empresa de TI de Santa Catarina para 2019 mostra que não. Soluções são feitas de pessoas para pessoas e a proposta é saber e fomentar o que é realmente essencial para os clientes. Por isso, a campanha foi conectada com slogan da marca "Essencial para sua empresa". O objetivo não é apenas evidenciar o quão essencial a WK Sistemas é para as empresas, mas como ela se faz essencial para quem faz essas empresas, as pessoas, promovendo o encontro de quem faz com quem usa, feito do colaborador X para o cliente Y.

Por: Carla Uller

Graduada em Comunicação Social, com especializações em Convergências da Comunicação; Educação a Distância; e Gestão de Marketing. Está na WK Sistemas há 6 anos, onde atualmente coordena a área de marketing, com destaque para ações digitais e parceria com endomarketing. Defende a busca de resultados alinhada com o fator humano. Crente no diálogo, na empatia e nas relações colaborativas


Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss