Artigos

Publicidade
Publicidade
Mercado

Conversando com as feras do mercado: Flavio Maia

. O executivo ficou na universidade durante sete semanas cursando o GMP-General Management Program, um curso de gestão com foco em estratégia, finanças, liderança e negociação

Por Betty Wainstock e Ricardo de Castro - 27/02/2012

 

Entrevistamos o Diretor Executivo no Brasil das empresas franqueadoras das marcas KFC e Doggis, Flavio Maia que acaba de voltar de Harvard, EUA. O executivo ficou na universidade durante sete semanas cursando o GMP-General Management Program, um curso de gestão com foco em estratégia, finanças, liderança e negociação. Nesta conversa, ele compartilha interessantes aspectos da árdua jornada, que ia das 7hàs 23h, de segunda a sábado, além da rica interação com participantes residentes nos Estados Unidos e em países da Europa, Ásia, América Latina, e África.
 
Ideia Consumer Insights: Qual o seu back-ground e experiência antes de assumir esta dupla função executiva? 
Flavio Maia: Fui atendimento de duas grandes agencias, Ogilvy e Young & Rubicam, além de uma experiência riquíssima de seis anos na área de Comunicações e Marketing da Shell. Nos últimos 10anos exerci na BFFC, holding operadora de várias marcas de restaurantes no Brasil, as funções de Diretor de Marketing e Diretor de Operações de Franquias da rede Bob´s e Diretor de Desenvolvimento da BFFC.
 
Ideia Consumer Insights: Por que você decidiu fazer este curso em Harvard?
Flavio Maia: Em primeiro lugar porque Harvard é Harvard. A universidade é o centro de excelência em gestão de empresas no mundo. Surgiu a oportunidade e eu a agarrei. 
 
Ideia Consumer Insights: Como era o seu dia a dia?
Flavio Maia: Era pesado: estudávamos três cases por dia, com 40 páginas em média cada, e discutíamos em grupo. Os membros de cada grupo, oito pessoas, moravam em um mesmo apartamento, com 8 suítes independentes com um grande lounge com mesas de trabalho, desktop, TV LCD, flip charts etc. As aulas eram de segunda a sábado. Na sala discutíamos na grande plenária (63 alunos) os cases já previamente discutidos nos grupos. 
 
Ideia Consumer Insights: Encontrou outros brasileiros fazendo este curso? De que empresas eram?
Flavio Maia: Havia seis brasileiros, além de mim, de diversas empresas como  Itaú; Promon Engenharia e Sotreq Caterpillar.
 
Ideia Consumer Insights: Como foi o network; que pessoas interessantes conheceu? 
Flavio Maia: Este é um dos pontos altos do curso, o network. Conheci várias pessoas interessantes, que inclui presidentes e executivos de empresas de várias partes do mundo e dos mais diversos segmentos que certamente contribuíram para o meu aprendizado. Sem dúvidas ampliei meu network internacional. Éramos de 34 países diferentes e de 46 indústrias. Eu diria que o indivíduo mais "fora da curva" era o Terry Virts, executivo da NASA e astronauta com passagens pelo espaço. Ele nos apresentou aspectos interessantíssimos de suas viagens. 
 
Ideia Consumer Insights: O que você considera ter aprendido demais relevante? 
Flavio Maia: O mais interessante é  vivenciar e discutir pontos de vista diferentes, mas que no fim são convergentes, pois não existe uma só forma de gestão. Aprende-se muito a discutir e  a respeitar outros pontos de vista.
 
Ideia Consumer Insights: Quais os principais desafios das técnicas de negociação e estratégias competitivas; o que vem por aí ? 
Flavio Maia: Os exercícios eram muito bem feitos e divertidos, pois você vivenciava um case real e posteriormente participava, em duplas, com pessoas de outros países, discutindo um grande negócio e fechando um importante projeto. Sobre estratégia, é um capítulo a parte, muito bem explorado e que realmente nos deu a oportunidade de abrir a mente e pensar estrategicamente.
 
Ideia Consumer Insights: Como sente que aplicará o aprendizado obtido no seu dia a dia à frente do Grupo BFFC? 
Flavio Maia: Será muito interessante agora colocar em prática no dia a dia o que vivenciei em "laboratório". Creio que o mais importante é que este curso, além de propiciar um aprendizado prático em cima de cases reais de grandes empresas, abre a mente para ouvir propostas diferentes da sua e poder escolher a melhor composição entre as várias ideias.

Por: Betty Wainstock e Ricardo de Castro

Betty Wainstock é Diretora de Pesquisa de Marketing e Ricardo de Castro é Diretor de Planejamento e Inteligência Digital da Ideia Consumer Insights.