CRM... a difícil tarefa de olhar para dentro | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

CRM... a difícil tarefa de olhar para dentro

Enquanto encontrarmos pelas empresas líderes ansiosos por resultados, mas sem a menor idéia de onde sua empresa deve chegar, ferramentas como o CRM e BI continuarão não agregando em nada ao dia-a-dia das empresas

Por | 03/02/2010

Compartilhe

Por Ana Paula Barreto*

Mais de uma década se passou após o surgimento da ferramenta CRM no mercado e ainda podemos perceber o quão tem sido falha a disseminação de seu conceito entre os pequenos e médios empreendedores.

Ninguém pode negar o quanto a ferramenta seduz e chama a atenção, fazendo com que líderes encarem, muitas vezes, grandes investimentos e meses a fio para sua implantação. Mas o que a grande maioria dos vendedores da ferramenta não se esforçam para dizer, obviamente, é que a proposta da ferramenta de nada valerá se a visão do líder, e consequentemente, da empresa, continuar limitada.

É necessário estar preparado para a difícil tarefa de olhar para dentro. Conhecer melhor sua empresa antes de querer conhecer sobre seu cliente, enxergar o que está por traz do conceito de CRM, entender como os processos da companhia deverão ser estruturados ou reestruturados na ferramenta e, como toda esta percepção e análise serão retransmitidas para a equipe, permitirão que a ferramenta de CRM alcance o seu objetivo principal, o de iniciar e gerenciar o relacionamento com clientes. Acompanhar de perto o processo de customização e implantação da ferramenta auxiliará, e muito, neste exercício.

O conceito de CRM (Customer Relationship Management) destaca a importância de captar, não de uma única vez, o maior número de informações de cada pessoa que mantém contato com sua empresa, e a partir de uma interpretação consistente do potencial e grau fidelidade de cada um deles, é possível selecionar o grupo que valerá a pena dispensar esforços para conquistar/manter como cliente.

Não bastar ter o conceito de CRM bem consistente na cabeça dos líderes e equipe de marketing, é preciso fazer com que todos da companhia percebam sua importância. Desde a forma como os dados são registrados no sistema; a preocupação em compartilhar informações sobre a evolução do seu relacionamento com o cliente; compreender suas necessidades, são detalhes que podem garantir resultados positivos em campanhas de prospecção, retenção e fidelização de clientes. E isso é vantagem competitiva.

* Ana Paula Barreto é analista de marketing. Possui especialização em Comunicação com o Mercado (ESPM), e graduação em Publicidade e Propaganda (Universidade São Judas Tadeu). E-mail: lawmer@uol.com.br

Por: Ana Paula Barreto




Comentários


Acervo

Pesquisar por Tags

Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss