Artigos

Publicidade
Publicidade
Digital

A importância do planejamento para os influenciadores nas redes sociais

Profissionalismo na criação de conteúdo impacta diretamente nos resultados, avalia especialista

Por Ana Laura Motta Vaz - 27/06/2022

Para muitos influencers e personalidades artísticas, há muito tempo as redes sociais já deixaram de ser apenas um passatempo e se transformaram em uma grandiosa fonte de renda. Neste mês, essa temática esteve em alta novamente após a influenciadora Bianca Andrade, ou Boca Rosa como é popularmente conhecida, postar em seu perfil um roteiro de conteúdos que deveriam ser postados diariamente por ela em seus Stories, no Instagram.

Com mais de 18 milhões de seguidores e apontada como uma das 500 pessoas mais influentes da América Latina pela Bloomberg, Boca Rosa é uma das maiores influenciadoras digitais do Brasil e fatura alto por meio do seu perfil nas redes sociais. Mesmo assim, o fato de ter exposto o seu planejamento de publicações acabou dividindo opiniões, já que muitas pessoas analisaram esse script como algo pouco original ou “forçado”.

Mas essas pessoas se equivocaram. O planejamento é o que permite a Bianca ter uma boa qualidade no trabalho e atingir seus objetivos de marca. Ainda não é tão fácil perceber se você não trabalha com as redes sociais, mas o Instagram é hoje a principal fonte de renda, não só da Bianca como de grande parte de influenciadores e isso precisa ficar claro para o público em geral. Ou seja, esse é, de fato, o trabalho dessas pessoas e o post feito pela influenciadora em questão é apenas seu planejamento de forma antecipada, algo que é primordial em qualquer atividade ou função. O que tem ali nada mais é do que a rotina dela, também um fato comum para todos os tipos de profissionais hoje em dia, independente da área ou segmento de atuação. 

Ainda em relação ao planejamento, vale ressaltar a importância dele para direcionar melhor o trabalho, deixando-o mais organizado, completo e profissional. A partir desse movimento de racionalização, o profissional é recompensado por uma série de fatores, partindo desde a otimização do tempo,- principalmente por não precisar pensar a todo o momento no que postar - até contemplações maiores, como uma conexão mais forte com o público, podendo assim, até mesmo antecipar objetivos e metas através de suas produções. Além de criar uma rotina para as publicações, esses fatores ajudam a dar clareza a essa comunicação e encontrar um equilíbrio desses conteúdos junto aos interesses dos seguidores. 

Um exemplo prático disso pode ser observado no próprio caso da Boca Rosa. Um dos pontos que mais gerou críticas à criadora de conteúdo foi o fato do roteiro designar uma média de posts diários de Bianca ao lado de seu filho. O grande objetivo por trás desse tipo de estratégia é gerar uma conexão genuína com o seu público através de pontos comuns, que é o fato de ser mãe. Grande parte do público da influenciadora é ou quer ser mãe, dessa forma, ela cria um forte vínculo com os seus seguidores de uma forma autêntica e, de certa maneira, espontânea pela forte ligação da sua própria comunidade com a temática.

As pessoas ainda precisam ter em mente que um dos grandes objetivos de Boca Rosa nas redes é vender a sua marca própria de cosméticos. Como essa linha de produtos está totalmente atrelada à imagem da influenciadora, ela precisa ser bastante ativa, criando conteúdos próprios por meio dessas publicações, que são metrificadas internamente - tanto quantitativamente quanto qualitativamente - visando atingir a meta estabelecida pela sua equipe. 

Portanto, um bom planejamento e roteirização desses conteúdos são fatores essenciais para qualquer criador de conteúdo que deseja obter sucesso no seu trabalho. Em geral, o que separa os maiores influenciadores do meio da multidão são aqueles que se planejam bem e conseguem, ao mesmo tempo, trazer autenticidade, criar conexões e envolvimento verdadeiros com seu público. Esse é o caso de Boca Rosa.
 

Por: Ana Laura Motta Vaz

Ana Laura Motta Vaz é Content Manager na MOTIM. Comunicóloga com habilitação em Relações Públicas pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), há mais de cinco anos aplica suas habilidades nas áreas de planejamento estratégico e conteúdo.