Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Demanda das empresas e dos consumidores por crédito recua em fevereiro

Comparado a janeiro, demanda empresarial caiu em 6,4%, segundo Serasa Experian. Entre os consumidores a queda registrada em comparação ao mesmo mês foi de 4%

Por | 21/03/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A demanda empresarial por crédito em fevereiro/17 registrou queda de 6,4%, comparado a janeiro/17, de acordo com apuração do Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Em relação a fevereiro/16, o recuo foi de 5,0%. Apesar da queda de fevereiro, o primeiro bimestre deste ano registra crescimento de 0,5% na demanda das empresas por crédito em relação ao acumulado dos primeiros dois meses de 2016.

A queda de fevereiro/17 já era esperado, dado o feriado do Carnaval, de acordo com os economistas da Serasa Experian. O recuo em relação a fevereiro/16 também reflete o efeito-calendário, uma vez que, no ano passado, por ter sido bissexto, houve um dia útil a mais em fevereiro. De qualquer modo, a alta da demanda empresarial por crédito no acumulado do primeiro bimestre ocorre apenas nas micro e pequenas empresas, logo, ainda não é possível afirmar que uma reversão mais consistente da tendência de queda na procura das empresas por crédito, característica de todo o ano de 2016, já esteja acontecendo.

Análise por porte
Nas micro e pequenas empresas, a queda da demanda por crédito foi de 6,7% em fevereiro/17. Nas médias empresas houve queda de 0,8% em fevereiro/17 e, nas grandes empresas o recuo foi de 0,7%, sempre na comparação com janeiro/17.

No acumulado do ano até fevereiro/17, a demanda por crédito das médias empresas caiu 8,6% e das grandes empresas 8,7%. Somente nas micro e pequenas empresas a procura por crédito subiu no primeiro bimestre: 1,0% contra o mesmo período de 2016.

Análise por setor
Todos os setores econômicos pesquisados apresentaram quedas na demanda empresarial por crédito em fevereiro de 2017. Na indústria, o recuo foi de 4,7% contra janeiro/17; nas empresas comerciais a queda foi de 4,1% e, no setor de serviços, a procura por crédito caiu 9,0% em fevereiro/17 na comparação com mesmo anterior.

No acumulado até fevereiro/17, a demanda das empresas por crédito caiu 2,4% na indústria e 2,2% no comércio. Já no setor de serviços foi o contrário: a busca empresarial por crédito subiu 4,0% em relação ao primeiro bimestre do ano passado.

Análise por região
Três regiões estão com queda na demanda das empresas por crédito neste primeiro bimestre de 2017: Centro-Oeste (-1,6%); Norte (-3,6%) e Nordeste (-2,7%). Na direção contrária temos a Região Sul com alta de 0,1% e o Sudeste com crescimento de 3,0% na demanda das suas empresas por crédito nestes primeiros dois meses do ano.

Demanda por Crédito do Consumidor também caiu
A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% em fevereiro, na avaliação dessazonalizada contra janeiro, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Contudo, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (março de 2016 até fevereiro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,5%, enquanto na análise interanual (contra o mesmo mês do ano anterior) houve queda de 8,4%.

Considerando os segmentos que compõem o indicador, a avaliação em 12 meses mostrou que nas instituições financeiras houve queda de 14,0%, enquanto para o segmento não-financeiro a diminuição foi de 6,7%. 

Apesar de algumas melhorias econômicas já em curso, os resultados da tendência do indicador ainda mostram uma demanda por crédito fragilizada. Fatores como altas taxas de juros, rendimentos reais negativos e desemprego elevado ainda mostram-se como variáveis condicionantes deste cenário, que impõem maior cautela e aversão ao consumo por parte das famílias. Apesar disto, a perspectiva de redução de juros e de inflação deverá aumentar a confiança dos agentes e consequentemente contribuir para a retomada do crescimento da procura por crédito a partir do segundo semestre deste ano.





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss