Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Procura por repelentes permanece acelerada no país

Venda do produto cresceu 84% em faturamento e 49% em volume em 2016, segundo dados recentes da Nielsen. A região Nordeste e parte do Sudeste são as áreas que mais se destacaram

Por | 15/02/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A procura por repelentes permanece alta no país. Com o verão, quando aumenta a proliferação de doenças transmitidas por mosquitos, em especial o Aedes aegypti, cresce a preocupação com grandes epidemias como a dengue, zika, chikungunya e, mais recente, a febre amarela. A venda do produto cresceu 84% em faturamento e 49% em volume em 2016, segundo dados recentes da Nielsen. A expansão das vendas deste segmento tomou ritmo maior nos últimos anos, beneficiando a indústria.

As regiões com maior representatividade foram a Nordeste e Leste (que compreende Minas Gerais, Espírito Santo e o interior do Rio de Janeiro), onde o volume aumentou 97% e 94,8%, respectivamente. O medo das doenças está mudando o comportamento do brasileiro nos últimos anos. Por conta da relação entre o vírus da zika e casos de microcefalia, muitas mulheres estão adiando a gravidez por conta do medo. Como mostra a pesquisa Zika e o comportamento feminino, realizada pelo Mundo do Marketing em parceria com a ecMetrics e disponível no Mundo do Marketing Inteligência.

Entre o grupo de gestantes e mulheres dispostas a engravidar, o zika vírus impactou de alguma maneira 65% das respondentes. O percentual é ainda maior entre a Classe A (71%) e menor entre as mulheres da Classe C (59%). Analisando a interferência por idade, o impacto foi um pouco maior entre as mais jovens (entre 25 a 34 anos), 67%, o que representam seis pontos percentuais a mais em relação às mulheres entre 35 a 45 anos (61%). O adiamento de gestações pode impactar diretamente o mercado o mercado de bebês e produtos infantis, setor que movimenta cerca de R$ 50 bilhões ao ano.

*Classificação Nielsen / Fonte: Retail Index Enhancement. T.Brasil Alimentar + Farma, Full Year 2015 e 2016

*Classificação Nielsen / Fonte: Retail Index Enhancement. T.Brasil Alimentar + Farma, Full Year 2015 e 2016​





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss