Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Clientes NÃO são todos iguais

Clientes NÃO são todos iguais

Por | 09/10/2006

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Clientes NÃO são todos iguais

*Por Beatriz Cullen

Como não desperdiçar tempo e dinheiro com clientes errados? Pergunto-me isso praticamente todos os dias, principalmente quando assisto - de camarote - campanhas publicitárias sem público-alvo. Clientes diferentes geram lucros diferentes e isso tem de ficar bem claro. De nada adianta investir milhões em campanhas publicitárias, ações de marketing direto, malas diretas, sem conhecer e explorar seu cliente. Isso parece óbvio, porém tem sido cada vez mais comum empresas conhecidas mundialmente replicarem suas campanhas publicitárias no Brasil, impondo costumes e sensações tipicamente norte-americanos, europeus e asiáticos. Isso funciona como um tiro no escuro.
 
No livro `Os Clientes não são todos iguais´, de Garth Hallberg, o escritor fala sobre como é possível atingir o público certo, na hora certa. Segundo ele, clientes têm preferências e necessidades diferentes e "clamam" por campanhas com atitudes que estejam a sua altura.

O Bradesco é um exemplo de sucesso. Suas campanhas publicitárias mostram uma instituição com serviços em todo o Brasil e que tem como alvo um determinado público. Ao entrar em uma agência é exatamente isso que o cliente vê. O que ocorre na mesma proporção com as Casas Bahia, onde o consumidor sabe que vai encontrar prazo e produto.

A recente pesquisa realizada pela TNS/InterScience, encomendada pela revista Consumidor Moderno sobre quais empresas respeitam o consumidor, apontou algumas mudanças significativas no perfil dos clientes das classes A, B, C e D, maiores de 18 anos das capitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

Segundo o levantamento, não basta apenas investir na qualidade dos produtos e serviços e no atendimento para fidelizar e conquistar os clientes. Respectivamente, para 20% e 19% dos entrevistados esses itens são básicos. Por outro lado, para 16% dos consumidores consultados, o preço é sim um diferencial, mas não agrega valor. Para eles, o quesito que valoriza a empresa e cria uma identidade é a propaganda. Esta pesquisa fortalece a teoria de que clientes não são iguais e as ações de marketing precisam de direcionamentos. Portanto, criar marcas que respeitam e valorizam a relação com o consumidor pode ser um fator decisivo para consolidar uma empresa no mercado.

Para alcançar esse objetivo, primeiramente é preciso conhecer o cliente. Mas como? Uma saída bastante interessante tem sido aplicada por empresas nacionais, como O Boticário, Pão de Açúcar e TAM, e por multinacionais, como Citibank, American Express e Nestlé. Consiste em aproveitar e filtrar as informações armazenadas nos bancos de dados, normalmente interligados com os canais que mantêm contatos permanentes com os clientes-alvo,sejam esses a Internet, os call centers, as correspondências ou a boca do caixa. Isso é vantagem competitiva.
 
O call center, por exemplo, pode ser um forte aliado para o departamento de marketing, pois ele é uma poderosa fonte de dados com o perfil do cliente. Durante uma ligação, é possível descobrir qual cliente está propenso a cancelar os serviços e o porquê,  qual consumidor é mais sensível a comprar novos produtos, quem está propenso ao up-sell, a quem sua empresa deve conceder créditos e assim por diante.
 
Com essas informações nas mãos, as ações publicitárias são melhor direcionadas e não há desperdício de tempo e dinheiro com clientes que não vão trazer retorno. Suas campanhas de marca terão, finalmente, a identidade e a atitude que tanto chamam a atenção de seu cliente. Pense nisso!  

*Beatriz Cullen é Diretora Executiva da Associação Brasileira das Relações Empresa Cliente (ABRAREC).

Por: Redação




Powered by Postcron

BUSCADOR DE HASHTAGS PARA SEUS POSTS





Comentários

Artigos do autor:

Clientes estão muito mais exigentes, aponta Salesforce

Nescau convida consumidores de Toddy a torcerem junto pela seleção

Principais bancos do Brasil se unem e criam fintech

Coca-Cola é a patrocinadora mais lembrada da Copa do Mundo 2018

Google cria ferramentas para PMEs usarem na Copa e Dia dos Namorados

Marcas patrocinadoras do futebol pegam carona com a Copa do Mundo

Editora cria palavras cruzadas com memórias de quem tem Alzheimer

Hábitos e desejos de compra para a Copa do Mundo de 2018

Reputação diante dos provedores garante alta taxa de entregabilidade

Tecnologia e criatividade impulsionam valor das marcas

Skol muda nome e convoca marcas a se unirem pela causa LGBTQ+

Transformação tecnológica: por que tantas percepções diferentes?

Mobile continua forte na América Latina

Perfil dos gamers brasileiros: mulheres são maioria

Vilma, Grupo Zap e Herbalife se reposicionam no mercado

Saiba quais são as remunerações para quem atua em TI no Marketing

Dia das Mães: expectativa de boas vendas no e-commerce

Marketplace impulsiona vendas no e-commerce

Centennials buscam presente para o Dia das Mães nas redes sociais

Beauty Fair cria campanha de empoderamento pessoal

Apas Show 2018: veja o resumo do primeiro dia

7 dicas para os lojistas faturarem mais durante o Dia das Mães

Como a Inteligência Artificial pode interferir na jornada de compra

O Boticário apresenta novo modelo de loja em Salvador

Brasileiros buscam alimentação saudável sem radicalismos

Mauricio de Sousa e Dedé Santana fazem parceria para criação de circo

Mulheres mudam prioridades de vida após empoderamento

Por que bancos, serviços e varejo estão entre marcas mais valiosas?

Engajamento é fundamental para o sucesso do e-mail marketing

Santander cria serviço de transferência internacional com blockchain

Empresas consideram dados na definição da estratégia de negócios

Brasileiro está otimista e mais propenso a compras via mobile

Novos seniors são o futuro do crescimento do consumo

Tecnologia e mobilidade impactarão varejo nos próximos anos

Integração de canais fortalece campanhas multimídia

Ovos de Páscoa ficam até 40% mais baratos no e-commerce

Consumidores querem experiência omnichannel

Processo de compra se torna mais interativo e inteligente

Qualidade de vida: saúde é fator essencial para consumidores

Consumidores querem experiência omnichannel unificada

WhatsApp: usuários querem conversar com marcas, mas sem spam

Faturamento no comércio eletrônico de vestuário cresce 10% no Brasil

Royal resgata personagem Bocão em novo posicionamento

Por que o ano de 2018 é tão desafiador aos gestores?

Mobilidade é um dos elementos mais importantes pelas empresas

Livro traz coletânea de textos sobre o universo da inovação

Marketing de geolocalização é o tema de novo livro do IAB Brasil

Quatro tendências globais de beleza e cuidados pessoais para 2018

Seis tendências de Marketing de conteúdo em 2018

Natura &Co: Nova marca corporativa une Natura, Aesop e The Body Shop



Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss