Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Artigos

Pinterest e Google: como o 'visual search' mudará o mercado de busca

O mercado de search marketing não é mais o mesmo. Agora, parece que teremos mais uma mudança no horizonte. E nesse novo modelo, a grande diferença está no formato

Por | 23/03/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O mercado de search marketing não é mais o mesmo. Desde o seu início tímido, da explosão do Google até os links patrocinados e a compra programática, vimos essa frente passar por diversas transformações. Agora, parece que teremos mais uma mudança no horizonte.

O Pinterest, a rede social de compartilhamento de fotos e ideias, está dando um grande passo em direção ao mundo das buscas online. Depois de adentrar o universo de VR e AR na última semana com a inclusão do recurso "Lens" - que permite a identificação de qualquer objeto no mundo real e buscar por semelhantes no aplicativo - o Pinterest está testando anúncios de search há meses com alguns parceiros. Agora, a empresa diz que planeja lançar esse produto novo para o mercado inteiro.

O Pinterest já tem mais de 150 milhões de usuários únicos por mês, com mais da metade desses fora dos EUA, sendo que o principal interesse desse público são "ideias". Ideias de presente, do que cozinhar no jantar, de decoração, de roupas, de quase qualquer coisa.

A parte interessante vem agora: são quase 2 bilhões de buscas mensais no aplicativo, de acordo com Jon Kaplan, head global de parcerias do Pinterest. E nesse novo modelo, os anúncios serão vendidos por leilão digital por CPC, assim como no Google. A grande diferença está no formato - enquanto os anúncios do Google são baseados em texto, os do Pinterest serão baseados em imagens.

Mas como as marcas se beneficiam disso? Bom, Kaplan afirma, também, que 97% das pesquisas realizadas no Pinterest não mencionam marcas. Elas procuram por "decoração", ou "jantares leves", ou "roupas para cachorro", mas raramente buscam por "roupas da GAP" ou "óculos Ray-Ban". Esse padrão de comportamento abre uma nova oportunidade para as marcas estarem presentes para pessoas que, justamente, não sabem exatamente quais produtos estão buscando.

Essa é uma oportunidade para as marcas explorarem o "visual search", bem como para o Pinterest de dominar esse mercado. São dezenas de bilhões de dólares que estão em jogo aqui. Agora depende do Pinterest - e das marcas - jogarem as cartas certas.

Por: Edmardo Galli

Responsável pelas operações na América Latina da IgnitionOne






Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss